Crime no Triângulo:“Foi um ato de covardia”, desabafam familiares de jovem assassinado Eder Carlos

Crime abalou a família e ainda durante velório pediu justiça

Em tom de revolta, indignação e tristeza os familiares de Eder Carlos, 38 anos, cobraram justiça na apuração de seu assassinato ocorrido na manhã deste domingo, dia 11, no Bairro Triângulo, em Lafaiete.

Em conversa com nossa reportagem o sobrinho de Eder, Ivan Sousa do Carmo, 22 anos, revelou que o suspeito, Webert da Cunha, cometeu um ato de covardia. “Eder e sua família acolheram o Webert na sua casa em certo período recente. Ele morou, comeu e dormiu na casa de Eder e foi recebido com carinho. Agora ele vem e comete uma atrocidade desta natureza com seu próprio amigo”, contou Ivan.

Segundo ele, não foi a rixa antiga que motivou o crime conforme vem sendo divulgado pela Polícia. “Meu tio era de um comportamento totalmente pacato e não era capaz de fazer maldade alguma.  O autor conviveu com o Eder e depois chegaram a ter um desentendimento. Mas nada justifica o crime. Foi pura covardia com meu tio. Essa é a verdade”, indignou o sobrinho. O suspeito Webert estava morando na mesma rua da vítima nos últimos meses.

Ivan e familiares asseguram que vão a Justiça buscar reparação pelo crime cometido. “Nós, os familiares, estamos passando por momentos de extrema tristeza e dor diante do que aconteceu. Não podemos aceitar passivamente esta covardia”, afirmou Ivan

Eder Carlos, 38 anos, foi assassinado na manhã deste domingo, dia 11, no Bairro Triângulo, em Lafaiete/Divulgação

O corpo de Eder Carlos está sendo velado no Velório São Jorge e será sepultado no Vale do Ipê por volta das 15:00 horas.

O caso

Segundo a PM, o assassinato aconteceu por volta das 12:00 horas. A equipe médica do SAMU constatou o óbito da vítima ainda no local com uma perfuração de faca profunda na região peitoral.

O autor foi preso após o crime e revelou que já havia tido uma discussão em tom de ameaças de morte com a vítima e que os dois se encontraram na rua e iniciaram uma luta corporal, tendo o autor esfaqueado fatalmente Eder, momento em que uma 3ª pessoa  (45 anos) tentou defender a vítima e também foi esfaqueada às costas e encaminhado a Maternidade São José, porém liberado sem seguida.

A Polícia Civil investiga o homicídio que foi o segundo registrado em menos de 12 horas em Lafaiete ontem. Neste ano já somam 7 assassinatos.

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *