Contra evasão escolar, Escola Narciso de Queirós cria projeto de arte que aprimora habilidades e desperta talentos em jovens

Através da arte educadora, Carolina Nogueira, foi implantado o projeto “Artistas da Escola” E.E. Narciso de Queirós que funciona desde maio. A proposta do Coletivo Juvenil  “Artistas da Escola” busca contribuir com aprendizado e o crescimento pessoal dos alunos através de oficinas de arte com desenho artístico, pintura em aquarela e pintura em tela, elevando assim a autoestima e a motivação, proporcionando momentos saudáveis, valorizando a criatividade e a socialização. É um projeto inteiramente gratuito oferecido aos alunos aos sábados.

Projeto inovador busca formação integral com inserção de atividades, tornando o currículo atrativo e dinâmico/DIVULGAÇÃO

Atualmente, a Escola Narciso de Queirós possui aproximadamente 1,1 mil alunos distribuídos em turmas do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, além da modalidade EJA. Por ser uma escola central, possui uma clientela diversificada que abrange vários bairros da cidade e também distritos vizinhos.

Um dos principais problemas é a evasão escolar, principalmente por parte dos adolescentes. Assim a direção da escola junto a Equipe Pedagógica propôs a criação do projeto através do PROEMI (Programa de Ensino Médio Inovador) buscando a formação integral com inserção de atividades que tornem o currrículo mais dinâmico e atrativo.

Nesta linha foram implantadas oficinas de artes, na intenção de valorizar as habilidades e a criatividade dos alunos, a sensibilidade, a sociabilidade e contribuir para a formação integral dos alunos. O projeto

elaborado por Carolina Nogueira foi apresentado ao diretor Gleidson que deu total apoio e foi prontamente aprovado pelo colegiado escolar, sendo assim, os recursos financeiros foram fornecidos para sua realização.

O projeto

O projeto é realizado nas dependências da Escola Narciso de Queirós e a acontece aos sábados no horário de 8:00 hs às 10:30 horas e direcionado aos alunos do Ensino Médio. Diante da demandas, o número de vagas disponíveis passou de 20 participantes por oficina para 50 alunos.

” Iniciativas assim é uma oportunidade para que estes talentos sejam “descobertos” e incentivados. O exercício e o aprimoramento de habilidades durante as oficinas geram bem estar, eleva a autoestima, estimula a criatividade e reflete na melhoria da qualidade de vida dos participantes, melhorando o comportamento, a aprendizagem, a socialização incentivando o aluno nos estudos e na frequência escolar. Sem dúvida, este projeto é uma iniciativa que muito acrescenta na vivência dos alunos. São propostas assim que além de agregarem importantes valores colaboram para a formação de

cidadãos atuantes e participativos na sociedade, promovendo a escola como um lugar atrativo e prazeroso”, avaliou Carolina.

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *