Cancelada a audiência para discutir reajuste da tarifa de ônibus; Presidente tem prejuízo de mais de R$216 mil/mês

Nova audiência deve ocorrer até o final do mês/CORREIO DE MINAS

Sem cumprir diversos requisitos legais, o Conselho Municipal de Conselho Municipal de Transporte e Trânsito (CMTT) cancelou agora a pouco a audiência pública para discutir a planilha tarifária para o reajuste da passagem do transporte público em Lafaiete.

A reunião aconteceria por volta das 16:00 horas na Câmara foi adiada depois que a procuradoria do Legislativo alertou que a audiência não cumpria diversos requisitos legais, o que poderia ser questionada judicialmente a efetividade de qualquer reajuste na tarifa.

Entre os requisitos não cumpridos está a divulgação da audiência com antecedência de 10 dias nos órgãos de imprensa de Lafaiete. Também a Câmara deveria ser notificada 48 horas antes da audiência com o envio de planilhas e análise do conselho.

O Gerente da Viação Presidente e Vice Presidente CMTT, Luiz Carlos Beato, esclareceu que ainda este mês será remarcada uma nova audiência onde a empresa detalhará o reajuste solicitado para o “equilíbrio financeiro da tarifa”.

Ele antecipou que prepara uma ampla apresentação para expor os números e saúde financeira da empresa que tem um prejuízo de mais de mais de R$216mil ao mês.

Sem citar oficialmente o valor do reajuste, informações colhidas é de que a empresa solicitou R$3,70 mas o consenso no CMTT foi de R$3,60. Após a audiência o prefeito definirá o valor do aumento.

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *