Câmara discute implantação da APAC

Após pressão popular, a Câmara de Ouro Branco promove audiência pública/DIVULGAÇÃO

Após pressão popular, a Câmara de Ouro Branco promove audiência pública no próximo dia 22, às 19:00 horas, para discutir os reflexos da construção da Associação de Proteção e Assistência ao Condenados (APAC), na comunidade de Carreiras, situada na MG  129, Estrada Real. A aprovação da audiência ocorreu no último 7,, quando moradores lotaram a Câmara para mais uma vez demarcar terreno contra a intenção de instalar a unidade prisional no bairro.

A história

Nossa reportagem vem acompanhando a mobilização dos moradores de Carreiras contra a construção da APAC. A intenção original era que a sede da associação fosse erguida no Bairro Rancho Novo, em Lafaiete, em um terreno cedido pela Gerdau. A ideia não prosperou já que os moradores foram contrários a construção.

Então, Carreiras foi escolhida para abrigar a sede da APAC, porém no final de janeiro, assim que foi especulada a primeira informação sobre a instalação no bairro, os moradores se reuniram e rejeitaram a APAC através de uma votação simbólica. Temendo pela segurança, os moradores se organizaram e formaram uma comissão Comissão Representativa da Associação Comunitária de Carreiras que assumiu a discussão expondo a posição contrária dos moradores a iniciativa.

A principal alegação é quanto aos pontos negativos entendendo seus reflexos, como por exemplo, na segurança pública, depreciação imobiliária, fluxo migratório, comprometidos com o bem estar dos moradores de Carreiras.

Novas reuniões

Já em meados de fevereiro, a Comissão reuniu-se com Presidente da Câmara Municipal de Ouro Branco, Leandro Souza e os vereadores Nilma Aparecida, Roberto Rodrigues, Reinaldo Silva, José Irenildo e Charles Gomes, quando os moradores declaram contra a implantação da APAC dentro do núcleo habitacional de qualquer comunidade de Ouro Branco.

O passo seguinte foi o encontro com o Prefeito de Ouro Branco, Hélio Campos (PSDB), quando os moradores expuseram o temor da comunidade e entregaram uma lista de abaixo assinado da comunidade, declarações do CONSEP (Conselho Comunitário de Segurança Pública) e declaração subscrita por todos os vereadores que manifestaram expressamente posição contrária à instalação da APAC dentro da área urbana de Ouro Branco.

Leia mais: Após protestos de moradores, Câmara vai discutir implantação da APAC; comunidade teme por reflexos na segurança

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *