Arte e cultura em alta: São Brás sedia o primeiro festival de teatro

Começa hoje (23) e vai até domingo (25), Iº ARTBRÁS (Festival de Teatro Artes de São Brás do Suaçuí). A iniciativa do evento, que promete agitar a cidade e fomentar a cultura local, é da Casa de Teatro de Lafaiete, em parceria com professores da Escola Aprígio Ribeiro de Oliveira e apoio da Prefeitura Municipal. O evento mistura música, seresta, dança e a intenção é consolidar o evento para outras edições e sua afirmação no calendário da cidade.

Iº ARTBRÁS integra o Circuito Minas de Teatro, projeto do Governo do Estado e gerido pela Casa do Teatro que acontecerá em 14 cidades mineira.

As apresentações em São Brás acontecem hoje na Escola Estadual Aprígio Ribeiro, Escola Municipal Amélia D’Anunciação Pyramo e no Centro de Educação Infantil. No Centro Sócio Cultural haverá hoje uma homenagem a Maria de Fátima, professora que no passado fez um grande trabalho teatral, reconhecendo assim a sua importância no cenário cultural da cidade. Ela foi uma figura da igreja, do grupo de jovens e montou diversas peças.

Amanhã (24) serão oferecidas 3 oficinas gratuitas para crianças, jovens e professores que vão aprender a arte de contar histórias. Na parte da tarde até a noite  continuam as apresentações e serão encerradas com o show  seresta “Rios ao Luar”, de Entre Rios de Minas, em frente ao Centro Sócio Cultural.

No Domingo (25), o festival inicia uma missa na Matriz de São Brás e em seguida tem a apresentação do “Auto de Natal”, no adro da Igreja. Na parte da tarde, as apresentações infantis encerram o festival.

Vão participar do evento as cidades de: São Brás de Suaçuí, Conselheiro Lafaiete, Congonhas, Carandaí, Belo Horizonte e Entre Rio de Minas. “São grupos mais próximos, grupos convidados para o primeiro festival, a ideia é ganhar a cidade. Os grupos das cidades também estão se organizando para participar. Várias pessoas das cidades estão formando pequenos grupos de teatro que vão se apresentar e o objetivo do festival é fomentar a arte e o teatro para que eles possam depois talvez, com as próprias pernas e nosso apoio, realizar o segundo festival, terceiro e daí por diante”, sintetizou o teatrólogo, secretário municipal de cultura de Lafaiete e fundador do Festival de Artes Cênica (FACE) que chegou ao seu 20ª edição, o maior evento do teatro amador de Minas Gerais.

Clique aqui e veja a programação

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *