Após acidente, Erasmo Carlos se apresenta no Museu de Congonhas

Projeto “Poesia e Música no Museu” traz ícone da Jovem Guarda para um bate-papo musical cheio de nostalgia

Enfim, Erasmo Carlos se apresentará no Museu de Congonhas/REPRODUÇÃO

Congonhas se prepara para receber um dos maiores artistas brasileiros de todos os tempos: o cantor, compositor e músico multi-instrumentista Erasmo Carlos que participa, na quinta-feira, 26, às 20h, de mais uma edição do Projeto “Poesia e Música no Museu”. A iniciativa, que conta com o patrocínio da empresa CSN, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, já trouxe para a cidade diversos artistas renomados como Moraes Moreira, família Caymmi e Toni Garrido.

Em cada encontro o “Poesia e Música no Museu” aproxima o público da trajetória de artistas consagrados por meio de um bate-papo entremeados de performances e canções. Ao contar com a mediação de Júlio Diniz, pesquisador, ensaísta e professor universitário, o projeto amplia a compreensão da carreira bem-sucedida dos convidados para além da simples conversa usual. A intenção é desmistificar muito da aura que cerca a profissão do artista, oferecendo ainda sugestões para quem busca se profissionalizar na área.

Para o bate-papo musical no Museu de Congonhas, Erasmo Carlos trará a sua trajetória artística desde a sua infância, passando pela Jovem Guarda e  as paradas de sucesso, e ainda o seu novo trabalho “O amor é isso”, que reúne suas eternas canções e o frescor de músicas novas. O último lote de ingressos será vendido no dia do evento, na recepção do Museu, por R$2.

Leia também: Acidente pode alterar evento com Erasmo Carlos em Congonhas

O Museu de Congonhas recebe o cantor Erasmo Carlos

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *