Ao menos 23 presos na mega Operação Rapina são ouvidos na Justiça

Um forte esquema de segurança foi montado ao entorno do Fórum da Comarca de Congonhas para ouvir aos menos 23 envolvidos na Operação Rapina. A Juíza promove neste momento audiência de instrução e julgamento dos presos. Há informações de que envolvidos estariam julgados de morte pelo tráfico já que delataram a quadrillha.

Drogas e dinheiro apreendidos em operação da PM

No dia 18 de outubro, uma mega operação foi desencadeada para cumprir de 15 Mandados de Busca e Apreensão e Mandados de Prisão expedidos para serem executados nas cidades de Jeceaba, Congonhas e Conselheiro Lafaiete.  Ao todo foram utilizadas 25 viaturas caracterizadas, 4 viaturas do Serviço de Inteligência e 01 Helicóptero da PMMG, totalizando mais de 80 Policiais Militares (61ª Cia, 73ª Cia e Sede do 31º BPM).

Operação Rapina foi iniciada em julho de 2018 e teve como principais atores o Ministério Púbico e a Polícia Militar de Minas Gerais que após levantar informações identificou a existência de uma quadrilha de Tráfico de Drogas sitiada em Congonhas.

Após as primeiras operações os líderes da quadrilha – integrantes de uma mesma família – foram presos pela Polícia Militar, em um total de 05 pessoas e dezenas de kilos de drogas (maconha e cocaína). A partir destas prisões e apreensões uma longa e eficiente investigação conjunta foi iniciada para se identificar os demais integrantes culminando com a operação desta data.

Esquema de segurança no Fórum de Congonhas

 

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *