Anjos de Patas – Dias de sol pedem água fresca!

O verão está aí, e os dias estão super quentes!  Pedem aquela sombra e água fresca. E claro com os animais não poderia ser diferente, cuidado redobrado com o ambiente, condições e água sempre fresca, rola até um gelinho na água. E nada de passeios em altas temperaturas. Prefira passear a noite ou bem cedo.

Muita atenção e cuidado aos animais abandonados, sempre que possível dê água fresca. Leve à bolsa uma garrafinha e/ ou mantenha do lado de fora de sua residência, local de trabalho, um pote com água. Se quiser deixar ou levar ração também, melhor ainda!

Doe água!

Fique atento ao animal de estimação!

Adoção conjunta!

Auspedagem domiciliar Soninha Santiago
Amor e respeito aos animais

ONG APARC – Congonhas!
Seja um voluntário! Um colaborador! 

Espaço Cultura!

Com Cláudia Guimarães, escritora. 

Os caminhos de Mandela, Richard Stengel.

Nos Caminhos de Mandella – Por mais de dois anos, em pleno período de reconstrução democrática da África do Sul, nos início dos anos 1990, o editor da revista Time Richard Stengel presenciou o dia-a-dia de Nelson Mandela. Na época, o líder político conduzia o país a suas primeiras eleições livres. As incontáveis horas de convívio resultaram num relacionamento de íntima amizade. E na descoberta, por Stengel, das múltiplas facetas do homem complexo que vive sob a capa de herói do nosso tempo. A essência dessa descoberta está em “Os Caminhos de Mandela – lições de vida, amor e coragem”, prefaciado pelo próprio Mandela. O livro vai além de radiografar a figura mítica que libertou seu povo do preconceito racial e conclamou opressores e oprimidos a reinventarem uma nação. Stengel foca seu olhar sobre situações da vida em que, testado pelas circunstâncias, Mandela distribuiu suas mais perenes lições de liderança e sabedoria. Por meio da vida do estadista, o leitor aprende, por exemplo, por que a coragem é mais do que a ausência de medo, por que devemos manter nossos adversários por perto, por que “ambos” é quase sempre melhor do que “isto ou aquilo”, por que precisamos encontrar no mundo algo que nos proporcione realização e significado – nem que isso se resuma a cuidar de uma simples horta.

 Você encontra para empréstimo na biblioteca Casa de Guimarães.

Contatos pelo Facebook: http://www.facebook.com/casadeguimaraes

 

Por: Ully Daniely
Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *