Anjos de Patas: ADOTADO é minha raça predileta!

ADOTADO é minha raça predileta!

 Que tal? ADOTADO!

Hoje compartilhando fotos dos dogs da ONG APARC – Congonhas feitas pelo fotógrafo Lucas Tadeu, @lucastadeufotografia. Contato: (31) 9 8898-1448.

Para adotar, (31) 9 8330-3826.

Siga o perfil da ONG: @aparccongonhasmg

 

Que tal ADOTADO?! Quer dizer, ADOTADA?!

Porte médio a grande.

Para adotar, (31) 9 8330-3826.

Adoções!

 Auspedagem domiciliar Soninha Santiago
Amor e respeito aos animais

ONG APARC – Congonhas!
Seja um voluntário! Um colaborador!

 Siga o instagram da ONG: @aparcongonhasmg

Os Babá Cão – Especialista em comportamento animal

Siga Os Babá Cão no instagram: @os_baba_cao

Sempre que puder, ajude um animal abandonado!

Dica de português!

Play Music

Um espaço dedicado à música!
Por mim, leitores, amantes da música, músicos, por todos nós!

 “Trechinhos…

 “Vamos viver e cantar.” Charlie Brow Jr.

“Reggae a vida com amor.” Ponto de equilíbrio
“Tudo nos é dado, só nos falta fé.” Mato seco

 Hoje vamos ouvir o lançamento Não olhe pra trás, L7NNON – prod. DJ Caique.

E a letra dessa música é foda! Observe atentamente.

 Não olhe pra trás, L7NNON – prod. DJ Caique

 Peço pra que não olhe pra trás
Encontre o seu lugar
O tempo não para mais
Então não posso parar

Eu peço pra que não olhe pra trás
Encontre o seu lugar
O tempo não para mais
Então não posso parar

Já que promessa é dívida,
Espero que não tenha dúvida
Já que viver é uma dádiva
Mas ainda sinto que tô devagar
Tenho muito o que fazer,
Vou correr, preciso chegar
Só que pro fruto nascer,
Pra colher, é preciso regar
Quero mais, quero paz,
Vou gritar pro mundo que somos iguais,
E além do mais, somos reis
Como leões, somos leais

Irmão, não olhe pra trás
A inveja mata
O que transmite, tu atrai
Eu não era nada, e hoje eu nada temo
É, olha o que eu venho sendo
É, e  olha que crescemos,
Eles olham porque vencemos

Quem viver, verá
Após a morte, tu viverá
E a fé move montanha
Então pode olhar, que ela moverá

Peço pra que não olhe pra trás
Encontre o seu lugar
O tempo não para mais
Então não posso parar

Inocentes morrem, sem motivo
Pessoas aqui matam, sem motivo
Estamos vivos
Meu povo não desiste
Mas pra desistir, o que não falta é motivo

Somos criações
Criaturas que fazem canções
Facilitando a vida de milhões
Alcançando mente, vida, corações
Eu te fortaleço, tu me fortalece
Sem medo de nada, vira-lata
Tô roendo o osso, joia no pescoço
Tua joia barata, já já vira-lata
Porque o que cês gosta é ostentação
No caso, uns tentam, outros são
Tão vendendo tudo, eu tô vendo tudo
Se vender a alma, não tem salvação, é
E eles acham graça, brincar com coisa séria
E o nosso dinheiro promove a guerra, mas não acaba com a miséria

Peço pra que não olhe pra trás
Encontre o seu lugar
O tempo não para mais
Então não posso parar

Eu peço pra que não olhe pra trás
Encontre o seu lugar
O tempo não para mais
Então não posso parar

O tempo não para
O tempo não para
E não parará

 Agenda do Rock!
 Sujeito a alterações

 Eventos!
 Sujeito a alterações

 

  Vegetarianismo
Com Samyra Goulart.

O vegetarianismo tem ganhado cada vez mais espaço na mesa dos brasileiros. Esse movimento consiste em um regime alimentar que exclui a utilização de carne na preparação dos pratos, substituindo por outros alimentos tão quanto saborosos, saudáveis e sem crueldade animal. Ainda dentro desse conceito, há também o veganismo, que vai muito além da alimentação, sendo também um movimento social e político.

Ao contrário do que muitos pensam, os adeptos do vegetarianismo comem muito bem e de forma diversificada. Uma vez que a carne não está presente, são adotados outros alimentos que garantem sabor e nutrição adequados aos consumidores.

Uma dieta vegetariana é baseada em frutas, legumes, cereais, vegetais, oleaginosas, carboidratos e fibras. Mas ela também permite uma vasta cartela de opção para os amantes de doces, bolos, salgados, tortas e massas. A grande sacada é a substituição da carne, leite e derivados por alimentos de origem vegetal, como soja, grão-de-bico, leites vegetais (soja, coco, amêndoas, castanhas, arroz, etc), chia, palmito e até mesmo “carnes” vegetais, como a denominada carne de jaca.

 Espaço Cultura!

Com Cláudia Guimarães, escritora.

Para além do diário de Anne Frank, Casa de Anne Frank.

Você sabia que pouco se conhece sobre como foi escrito o famoso diário de Anne Frank? A corajosa e persistente menina resistiu à dura realidade de seus dias de confinamento, escrevendo em folhas soltas, desordenadas, com o que lhe caísse às mãos. E como Anne e os outros clandestinos se alimentavam? Como Anne recebeu os papéis para contar ao mundo sobre o horror da perseguição aos judeus durante a Segunda Guerra Mundial? Este livro foi feito com os depoimentos de quem conviveu com Anne Frank, com os documentos da época. Aqui, o dia a dia de Anne é recuperado, sob os nossos olhos, como se estivéssemos vivendo junto e aprendendo, com a coragem e a esperança que ela nos ensina, a acreditar na construção de um mundo melhor.

Você encontra para empréstimo na biblioteca Casa de Guimarães.

Contatos pelo Facebook: https://www.facebook.com/Casa-de-Guimar%C3%A3es-580855678727390/

Conheça o blog Totó e Mimi: http://claudiaguimaraes49.blogspot.com

 

Por: Ully Daniely

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *