AMIG promoveu encontro para debater arrecadação das cidades mineradora

O prefeito Zelinho, o secretário de Planejamento, Antônio Odaque, e a secretária de Finanças, Vilma de Moura, participaram, na manhã desta terça-feira, 23, de um encontro entre prefeitos, autoridades e técnicos, na sede da Associação dos Municípios Mineiros Mineradores de Minas Gerais (AMIG), em Belo Horizonte. O objetivo foi o de apontar soluções para o incremento da arrecadação das cidades mineradoras. A reunião contou, ainda, com a presença de representantes da Prefeitura de Parauapebas (PA); do diretor da Diretoria de Procedimentos Arrecadatórios do Departamento de Produção Mineral (DNPM), Ricardo Eudes; do superintendente da DNPB de Minas Gerais, Paulo Sérgio Costa Almeida; e do economista Antônio Nahas.

Durante o encontro, as autoridades debateram o Novo Marco Regulatório da Mineração. Além disso, discutiram sobre a fiscalização mineraria e o Programa de Modernização Administrativa e Tributária. O prefeito Zelinho reforçou que, nesta quarta-feira, 24, terá uma reunião com o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho, e o deputado federal Marcus Pestana. “A AMIG vem defendendo os interesses das cidades mineradoras, junto ao DNPM e ao Ministério de Minas e Energia. Estamos na luta para aprovação do Marco Regulatório. Amanhã vou a Brasília conversar com o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho, juntamente com o deputado federal, Marcus Pestana, para que realmente a Medida Provisória saia dos gabinetes e vá para o Congresso”, completou.

O secretário municipal de Mineração, Energia, Ciência e Tecnologia de Parauapebas (PA), Flávio Veras, elogiou a organização e mobilização da AMIG. Ele destacou que os municípios mineradores do Pará querem formar uma associação para apoiar, ainda mais, os municípios mineiros. “É muito importante estabelecer contato entre Minas Gerais e Pará. Queremos estar em parceria e aprender com vocês. O trabalho que vocês já desenvolvem aqui, queremos desenvolver na nossa região. No nosso ponto de vista, essa associação é respeitada. Tenho certeza de que duas associações de grande porte têm condições de ter resultados relevantes”, destacou.

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *