ônibus invade residência em Congonhas

Onibus 2 Onibus1
Bombeiros de Lafaiete socorrem vítimas de ônibus que invadiu casa em Congonhas
Um ônibus colidiu contra uma residência na cidade de Congonhas, na noite deste sábado, dia 12. O Corpo de Bombeiros de Conselheiro Lafaiete foi acionado para o resgate das vítimas. O veículo transportava ambulantes que trabalharam na festa do jubileu, na cidade e, de acordo com o motorista, perdeu o freio no meio de uma descida. O condutor do veículo foi retirado das ferragens pelos militares.
De acordo com o Cabo Edir, chefe da equipe que deu o primeiro atendimento, “Chegamaos ao local e nos deparamos com muita movimentação de pessoas no entorno, pois o acidente ocorreu na região central, onde acontecia a festa. Como já estávamos na cidade realizando ponto base, pudemos chegar bem rápido. Outras viaturas nossas vieram de Lafaiete para dar apoio”. Sobre a situação das vítimas, o militar afirma que “Quem mais se machucou foi o próprio motorista, que ficou preso ao painél do ônibus e precisou ser retirado de lá com a ajuda de equipamentos hidráulicos. Havia um outro passageiro com ferimento na face, mas todos estavam conscientes ao serem transportados por nossas equipes e pelas equipes do SAMU”.
De acordo com os moradores da residência, a família estava na sala (cômodo atingido pelo veículo) até alguns segundos antes da colisão. Segundo esta testemunha, eles sairam pouco antes da colisão. Foi tempo suficente para evitar que estivessem entre os feridos.
Falha mecânica teria causado acidente
Segundo o Sargento Soares, chefe da equipe que atendeu à ocorrência, “O motorista nos alegou que o freio e as marchas falharam no momento da descida, mas não podemos confirmar esta informação sem a realização de uma perícia”. Ainda de acordo com o militar, “Falhas mecânicas podem ocorrer e ocasionar acidentes, o que torna ainda mais necessária a revisão regular dos veículos”.
Fotos:divulgação/Bombeiros
Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *