Acidente com ônibus da Presidente é alvo de críticas dos vereadores: “está na hora de cassar esta concessão”, dispara Pedro Américo

Acidente ocorrido no bairro Museu com o ônibus da Presidente/DIVULGAÇÃO

Um acidente ocorrido no final da tarde desta quarta feira, dia 15, na Rua Cefisa Viana, no Bairro Museu, quando um ônibus da Presidente partiu ao meio um poste, foi alvo de protestos e alerta sobre a insegurança no transporte público e situação precária dos veículos da concessionária. “São ônibus estragando nas ruas e pessoas perdendo dia de serviço, ônibus sem horário correto. Os veículos são sucatas. São pessoas correndo risco de morte. A gente não é contra a empresa, mas a situação passou dos limites. Se não está dando conta que entregue o serviço para outra. O prefeito tem de cassar esta concessão. Neste dia podia ter acontecido uma tragédia”, assinalou Américo.

Também o vereador Sandro José (PSDB) não poupou críticas ao serviço da Viação Presidente.  “A gente sabe que se o serviço fosse de qualidade o povo não se importaria de pagar um preço justo. A empresa se prestasse um bom serviço já poderia estar cobrando o preço da passagem que ela pleiteia. Mas não é o que acontece. O que nos relataram é que o motorista foi super habilidoso para que não ocorresse uma tragédia jogando o ônibus contra o poste para não descer a rua. Talvez nesta hora estivéssemos resgatando vítimas. O que não pode ocorrer são pessoas correndo risco de morte no transporte público’, assinalou.

Leia mais: Absurdo: ônibus da Presidente derruba poste na Chapada e tumultua trânsito

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *